Seja Bem-Vindo. Hoje é

sábado, 17 de março de 2012

Quem Matou Jesus?

De início deve ficar bem claro que Jesus Cristo, o Filho de Deus, veio ao mundo exatamente para morrer, pois do contrário não resgataria a humanidade caída.
Quero nessa meditação discorrer não sobre a morte de Jesus em si, mas sim sobre as pessoas que o crucificaram, sobre os personagens que figuraram nos bastidores dessa história tão dramática.
Desde a infância sempre ouvi na igreja sobre a vida e obra de Jesus, suas curas e milagres, seus discursos de autoridade, sua morte e ressurreição. Algo que me chamava atenção era a forma como ele foi executado, o sofrimento pelo qual passou, a sua agonia nas últimas horas na cruz do calvário.
Eu simplesmente não me atentava acerca das pessoas que estavam por trás da morte do Senhor da Glória, as quais agiram com tanta falsidade e maldade no coração. Pensava: “Pessoas que fazem tal coisa devem ser as piores do mundo, os mais sanguinários, os mais cruéis”.
Achava que os assassinos de Jesus fossem os pagãos, os incrédulos, os terroristas, os guerrilheiros, os exércitos inimigos, as pessoas de má fama, os piores dos pecadores. No entanto, para a minha grande surpresa e frustração, descobri lendo no Novo Testamento que quem matou Jesus não foram os piores pecadores, os assassinos, as prostitutas, os adúlteros, os idólatras, os ladrões, os beberrões, os feiticeiros, os homossexuais. Não! Quem matou Jesus não foram pessoas fora da igreja!
Descobri que quem matou Jesus foi a própria igreja da época, os velhinhos de cabeça branca, pessoas que nasceram, viveram e morreram dentro da igreja, pessoas que liam diariamente a Bíblia, trabalhavam na igreja, cantavam hinos e adoravam na igreja, faziam parte da liderança da igreja, eram membros ativos da igreja, pessoas religiosas acima de qualquer suspeita. Eram pessoas que se diziam filhas de Deus!
Eram o seu povo escolhido que recebeu tantas bênçãos desde sua formação lá na casa de Abraão. Elas eram como nós, hoje.
Diante dessa descoberta comecei a me perguntar: Por que fizeram isso? Precisava exatamente ser eles, seu povo escolhido? E se eu estivesse lá, teria feito a mesma coisa? E se sua vinda tivesse sido reservada para nosso tempo, nós, como igreja, agiríamos da mesma forma?
Passagens bíblicas como as que seguem são chocantes. Leia, por favor.
“E os principais sacerdotes e escribas ouviam estas coisas e procuravam um modo de lhe tirar a vida” (Marcos 11.18a). “Então, os principais sacerdotes e os anciãos do povo se reuniram no palácio do sumo sacerdote, chamado Caifás; e deliberaram prender Jesus, à traição, e matá-lo” (Mateus 26.3). “Estando, pois o povo reunido, perguntou-lhe Pilatos: A quem quereis que eu vos solte, a Barrabás ou a Jesus, chamado Cristo?” (Mateus 27.16). “Responderam eles: Barrabás!” (Mateus 27.21). “Replicou-lhes Pilatos: Que farei, então, de Jesus, chamado Cristo? Seja crucificado! Responderam todos” (Mateus 27.22). “Porém cada vez clamavam mais: Seja crucificado!” (Mateus 27.23).Isso tudo não foram os incrédulos que fizeram! Foi a própria igreja da época!
Deus esperava que seu próprio povo agisse tão cruelmente contra Jesus? E o Diabo, sabia que tinha parceiros tão especiais para auxiliar na execução de Jesus?
Nós cristãos hoje devemos dar graças a Deus por não termos nascido lá naquela época, pois teríamos agido da mesma forma que aqueles religiosos. Ou até pior!
A religião que Deus havia dado a eles foi transformada num fim em si mesmo, num sistema rígido que lutava a todo custo para se proteger e sobreviver. Quando isso acontece, até matar o próprio Salvador é bem vindo.
Tendo o privilégio de não ter nascido naquele tempo e nos servindo de exemplo aquela atitude desastrosa dos religiosos, não deixemos que a prática do nosso cristianismo mate Jesus em nossos corações.
“Bendito o Deus e Pai de nosso Senhor Jesus Cristo, que, segundo a sua muita misericórdia, nos regenerou para uma viva esperança, mediante a ressurreição de Jesus Cristo dentre os mortos” (1 Pedro 2.3).
Em nome do Salvador Jesus, amém.

2 comentários:

  1. JESUS VEIO PRA SER MORTO,MAS OS RELIGIOSO MOSTROU QUEM ELES E PERSCEGUINDO OS VERDAADEIRO SERVO DE DEU,QUEM PERSCEGUIU OS PROFETS?

    ResponderExcluir
  2. TODOS OS PROFETS SOFRERAAM PELOS RELIGIOSOS,

    ResponderExcluir

Obrigado pela sua participação.