Seja Bem-Vindo. Hoje é

sexta-feira, 2 de março de 2012

Jesus: O Caminho, a Verdade e a Vida

João 14.6: Respondeu-lhe Jesus: Eu sou o caminho, e a verdade e a vida; ninguém vem ao Pai senão por mim.



1 – Os seres humanos apresentam vários caminhos para o céu.

Faz parte da própria natureza humana a busca pela divindade. Em todas as épocas e lugares, em todas as culturas, as pessoas sentem necessidade de se relacionar com um ser superior. Essa busca pelo divino é universal.

Praticamente todos os indivíduos mantêm a crença de que há vida após a morte, uma vida isenta das aflições inerentes da vida humana. Uma vida sem injustiças, sem sofrimento, sem guerras, uma vida sem morte. Um lugar onde as pessoas viverão eternamente gozando de alegria e felicidade.

Acreditam que para alcançar essa vida futura de paz e felicidade devem relacionar-se com a divindade de tal forma que seja possível torná-las preparadas para esse fim.

Assim cada povo no decorrer da história tem criado suas próprias formas de se comunicar com a divindade e de obter a vida eterna. Isso explica a quantidade de religiões existentes no mundo, cada qual apresentando uma forma de se comunicar com Deus e de obter a salvação. Realmente são muitos os caminhos.



2 – Todos os caminhos conduzem à vida eterna?

Diante de tantos caminhos de salvação apresentados pelas muitas religiões existentes no mundo pergunta-se: todos eles conduzem a Deus? Todos realmente salvam? Ou existe apenas um em especial?

A grande diversidade de religiões causa muita confusão e incerteza na mente das pessoas, vez que praticamente todas se autoproclamam ser a única verdadeira, o único meio de se comunicar com Deus e de obter a vida eterna de felicidade. Diante desse quadro muitos se perguntam qual caminho seguir. Quem terá a palavra final sobre o assunto? Onde buscar a resposta? Quem tem autoridade para dizer com certeza qual caminho seguir para se comunicar com Deus e obter a tão desejada vida eterna?



3 – A Bíblia Sagrada

Os cristãos têm a Bíblia como autoridade absoluta na prática de fé. Confiam que somente ela apresenta a forma correta de se obter a salvação, porque a forma apresentada por ela não depende dos esforços humanos, mas sim do esforço do próprio Deus.

A Bíblia ensina que a tentativa humana de se comunicar com Deus e de se obter a vida eterna é inútil por causa de sua condição pecaminosa natural. Com sua natureza corrompida pelo pecado o homem não consegue por si só atingir a santidade e justiça de Deus. Toda tentativa nesse sentido resulta em frustração. Assim, por mais que tente jamais consegue.

Tendo em vista essa impossibilidade absoluta de aproximar-se de Deus por obras humanas, e considerando o fato de que a Bíblia apresenta um plano de salvação formulado pelo próprio Deus, é que a Bíblia torna-se o meio mais coerente e seguro de responder as indagações universais acerca de como se relacionar com Deus e de obter a vida eterna.

A própria experiência humana mostra que a salvação fora de Deus é uma impossibilidade, pois os muitos sacrifícios realizados para esse fim não traz paz de consciência.

Sendo assim, devemos então buscar na Bíblia respostas para as indagações sobre a vida futura. Como chegar lá? O ser humano precisa fazer alguma coisa para ajudar nessa tarefa? Se precisa, o que fazer?

A Bíblia mesma testifica de si mesma:

- 2 Timóteo 3.16: “Toda a Escritura é inspirada por Deus...

- 1 Tessalonicenses 2.13: “...tendo vós recebido a palavra que de nós ouvistes, que é de Deus, acolhestes não como palavra de homens, e sim como, em verdade é, a palavra de Deus, a qual, com efeito, está operando eficazmente em vós, os que credes.”

- João 17.17: “Santifica-os na verdade; a tua palavra é a verdade.”

- João 10.35: “... a Escritura não pode falhar,”

- 2 Pedro 1.21: “porque nunca jamais qualquer profecia foi dada por vontade humana; entretanto, homens [santos] falaram da parte de Deus, movidos pelo Espírito Santo.”

- 1 Coríntios 14.37: “Se alguém se considera profeta ou espiritual, reconheça ser mandamento do Senhor o que vos escrevo.”

A BÍBLIA, portanto, é inspirada por Deus. É a palavra de Deus. É a verdade. Não pode falhar. Seus escritores foram movidos pelo Espírito Santo. Ela é mandamento do Senhor.

A Bíblia é o meio de comunicação entre Deus e o homem. Nela podemos e devemos confiar. Ela é que mostrará a forma correta de salvação, de reconciliação com Deus.



4 – Qual o CAMINHO que a Bíblia indica para a salvação da alma do ser humano?

João 14.6: “Respondeu-lhe Jesus: Eu sou o caminho, e a verdade e a vida; ninguém vem ao Pai senão por mim.”

Caminho: A Bíblia diz que Jesus é o caminho. É o único meio de acesso ao Pai. Ele é a direção certa. Não há outro caminho.

Verdade: A Bíblia diz que Jesus é a verdade. Nele não há erro. Ele não está mentindo quando fala que é nosso salvador. Não existe outra verdade.

Vida: A Bíblia diz que Jesus é a vida. Não há outra vida fora de Jesus. A conversão dá uma nova vida – vida espiritual por meio da fé. Essa nova vida oferece alegria e certeza da salvação, oferece certeza do perdão, oferece paz de consciência, oferece a certeza da vida eterna com Deus.

A Bíblia ensina esse fato e o próprio Jesus fala declaradamente: “Eu sou o caminho, e a verdade e a vida; ninguém vem ao pai senão por mim”. Quem caminha por esse caminho encontra o sentido da vida. A vida somente ganha verdadeiro significado quando o pecador perdido é resgatado por Jesus Cristo.



5 – Há a necessidade de contribuição humana para ingressar ou permanecer no caminho, que é Jesus?

Vimos que a Bíblia ensina que o único caminho para o Céu é Jesus Cristo. No entanto, para entrar e permanecer nesse Caminho há a necessidade de pagar algum preço? Como caminhar por esse Caminho, que é Cristo Jesus?

A própria Bíblia responde:

- Romanos 11.6: “E, se é pela graça, já não é pelas obras; do contrário, a graça já não é graça.”

- Romanos 1.17: “visto que a justiça de Deus se revela no evangelho, de fé em fé, como está escrito: O justo viverá por fé.”

- Efésios 2.8-9: “Porque pela graça sois salvos, por meio da FÉ; e isto não vem de vós, é dom de Deus; não de obras, para que ninguém se glorie.”

- Romanos 3:28: “Concluímos, pois, que o homem é justificado pela FÉ, independentemente das obras da lei.”.

De acordo com a Bíblia Sagrada, ao ser humano só resta receber e crer nessa verdade. Não há nada que os homens possam fazer para ajudar na salvação. A obra de salvação da alma humana foi inteiramente realizada por Cristo. Somente Cristo foi capaz de realizá-la.

A Bíblia diz em Colossenses 2.14 a respeito da obra de Cristo: “tendo cancelado o escrito de dívida, que era contra nós e que constava de ordenanças, o qual nos era prejudicial, removeu-o inteiramente, encravando-o na cruz”



6 – Promessa Bíblica para quem crê em Jesus como Salvador.

- Romanos 8:1-2: “Agora, pois, já nenhuma condenação há para os que estão em Cristo Jesus. Porque a lei do Espírito da vida, em Cristo Jesus, te livrou da lei do pecado e da morte.”.

- Romanos 5.1: “Justificados, pois, mediante a fé, temos paz com Deus por meio de nosso Senhor Jesus Cristo;”

- Romanos 8.38-39: “Porque eu estou bem certo de que nem a morte, nem a vida, nem os anjos, nem os principados, nem as coisas do presente, nem do porvir, nem os poderes, nem a altura, nem a profundidade, nem qualquer outra criatura poderá separar-nos do amor de Deus, que está em Cristo Jesus, nosso Senhor.”

Essas são as promessas que Deus apresenta por meio de Cristo.

Para quem crê em Cristo não há condenação. Para quem confia em Cristo tem paz com Deus. Para quem está em Cristo nada, ninguém, pode separá-lo do amor de Deus.

Essas promessas são de fato grandiosas e consoladoras.




7 – Considerações finais.

Essas promessas grandiosas de perdão e salvação somente podem ser recebidas por meio de Cristo. Somente através da fé em Cristo Jesus.

Nessa fé o cristão deve permanecer até o fim. Mateus 10.22 diz: “...aquele, porém, que perseverar até ao fim, esse será salvo.”. Não deixemos nada, absolutamente nada, roubar nossa fé em Cristo: nem boas obras, nem igreja, nem religião, nem ciência, nada, absolutamente nada.

Existe uma infinidade de caminhos oferecendo a salvação. No entanto, a Bíblia Sagrada fala em apenas um. O único caminho da salvação é Jesus.

Jesus mesmo disse: “Eu sou o caminho, e a verdade e a vida; ninguém vem ao Pai senão por mim”

A salvação da alma é um presente a ser recebido, não um prêmio a ser conquistado por méritos humanos.



Apocalipse 21.6: Disse-me ainda: Tudo está feito. Eu sou o Alfa e o Ômega, o Princípio e o Fim. Eu, a quem tem sede, darei de graça da fonte da água da vida.



Em nome do Salvador Jesus, amém.
Por Grimaldo Schumacker.

4 comentários:

  1. Adorei esse sermão, muito profundo e ensinativo,que Deus o Abençoa o irmão em Cristo Jesus, e continua escrevendo porque através de ensinamentos assim muitas almas pode ser salvas.que Deus e Cristo Jesus seja louvado sempre, amém.

    ResponderExcluir
  2. Adorei esse sermão, muito profundo e ensinativo,que Deus o Abençoa o irmão em Cristo Jesus, e continua escrevendo porque através de ensinamentos assim muitas almas pode ser salvas.que Deus e Cristo Jesus seja louvado sempre, amém.

    ResponderExcluir
  3. Adorei esse sermão, muito profundo e ensinativo,que Deus o Abençoa o irmão em Cristo Jesus, e continua escrevendo porque através de ensinamentos assim muitas almas pode ser salvas.que Deus e Cristo Jesus seja louvado sempre, amém.

    ResponderExcluir
  4. Adorei esse sermão, muito profundo e ensinativo,que Deus o Abençoa o irmão em Cristo Jesus, e continua escrevendo porque através de ensinamentos assim muitas almas pode ser salvas.que Deus e Cristo Jesus seja louvado sempre, amém.

    ResponderExcluir

Obrigado pela sua participação.