Seja Bem-Vindo. Hoje é

sexta-feira, 2 de março de 2012

Amor: A Forma pela qual o mundo conhece os seguidores de Jesus

Texto base: João 13.34-35
“Novo mandamento vos dou: que vos ameis uns aos outros; assim como eu vos amei, que também vos ameis uns aos outros. Nisto conhecerão todos que sois meus discípulos: se tiverdes amor uns aos outros.”

1) De que forma os cristãos podem ser conhecidos como seguidores de Jesus Cristo?
João 13.35: “...se tiverdes amor uns aos outros.”

- A Bíblia diz em 1 João 4.8 que “Aquele que não ama não conhece a Deus, pois Deus é amor”. Assim sendo, todo aquele que conhece a Deus necessariamente expressa amor nas suas relações com outras pessoas, principalmente com os irmãos na fé.

2) Como uma pessoa pode conhecer a Deus?
A Bíblia fala que para uma pessoa amar precisa antes conhecer a Deus. Sendo assim, como conhecer a Deus?
Há apenas uma forma de conhecer a Deus: por meio da fé em Jesus Cristo. Em Romanos 1-17 a Bíblia diz: “...a justiça de Deus se revela no evangelho, de fé em fé, como está escrito: o justo viverá por fé.” Essa fé salvadora é operada por revelação divina, como ensina a Bíblia em Mateus 16.13-17: “Quem diz o povo ser o Filho do Homem? E eles responderam: Uns dizem: João Batista; outros: Elias; e outros: Jeremias ou algum dos profetas. Mas vós, continuou ele, quem dizeis que eu sou? Respondendo Simão Pedro, disse: Tu és o Cristo, o Filho do Deus vivo. Então, Jesus lhe afirmou: Bem-aventurado és, Simão Barjonas, porque não foi carne e sangue que to revelaram, mas meu Pai, que está nos céus.”
Fé é confiar que Cristo é o enviado de Deus para resgatar o pecador da perdição eterna. Dessa maneira o pecador passa a crer em Deus e se estabelece, por obra do Espírito Santo, um canal de ligação entre Deus e o pecador regenerado. Através dessa ligação a pessoa regenerada recebe o amor de Deus, amor esse que se manifesta nas relações pessoais com outros indivíduos.
Portanto, por meio da fé nos tornamos filhos de Deus e somos capacitados a amar.
Expressando amor para com os irmãos na fé, conseqüentemente os cristãos mostrarão ao mundo que são filhos de Deus.

3) Por que o amor faz os cristãos serem reconhecidos como discípulos de Jesus?
Porque o mundo sem Deus não tem amor. O amor nasce somente em Deus, visto que “Deus é amor” (1 João 4.8). O mundo não pode produzir amor. Somente em Deus é que a pessoa pode experimentar o verdadeiro amor e assim passar a ter uma atitude diferente de quando não tinha fé em Jesus. Só o amor de Deus tem o poder de levar um pecador a amar. Essa atitude de amor obrigatoriamente causa uma impressão positiva nas pessoas que ainda não são filhas de Deus, levando-as a reconhecer que existe uma força superior que move os cristãos a agir com amor uns para com os outros.

4) O que é amar? O que é amor?

Não existe como explicar o amor. Se conseguíssemos explicar o amor também conseguiríamos explicar como Deus é, pois Deus é amor. Apesar de não sermos capazes e explicar o que é amor, ao menos podemos identificar as manifestações do amor.
A maior manifestação de amor que o mundo já pôde presenciar foi o sacrifício de Jesus na cruz do calvário, por causa de terríveis pecadores como nós. Em João 3.16 está escrito: “Porque Deus amou ao mundo de tal maneira que deu o seu Filho unigênito, para que todo o que nele crê não pereça, mas tenha a vida eterna.”. Esse tipo de amor somente é encontrado em Deus. É impossível ao ser humano praticá-lo. A mente humana não consegue compreendê-lo.
No entanto, dentro das limitações humanas Deus pede que amemos uns aos outros, pois assim mostraremos ao mundo que somos seguidores de Jesus.
Em 1 João 4.21 a Bíblia diz o seguinte: “Ora, temos, da parte dele, este mandamento: que aquele que ama a Deus ame também a seu irmão.”.

Como podemos saber se estamos amando os irmãos da fé?
Resposta: IDENTIFICANDO AS MANIFESTAÇÕES DE AMOR.

Alguns exemplos dessas manifestações de amor aos irmãos da fé:
  1. Perdão. Quem ama, perdoa.
Assim como Deus perdoou os nossos pecados, assim também nós devemos perdoar. E nós na prática realmente perdoamos o irmão que nos ofende?
  1. Humildade. Quem ama, é humilde.
O maior exemplo de humildade é Cristo. Cristo não se comportou como se fosse superior a outras pessoas, mesmo sendo Deus. Ele mesmo disse que veio para servir, e não para ser servido. E nós, gostamos mais de servir, ou de ser servido? Nós gostamos mais de servir o irmão, ou de ser servido pelos irmãos?
  1. Aceitar as pessoas como elas são. Quem ama, aceita as pessoas como elas são.
Se Jesus não nos aceitasse como realmente somos (pecadores) não teria se sacrificado a nosso favor. E nós, aceitamos as pessoas como elas realmente são? Por que vivemos querendo pessoas perfeitas ao nosso lado?
  1. Fazer o bem. Quem ama, agrada-se de fazer o bem.
Jesus fez o bem às pessoas quando esteve aqui no mundo realizando sua obra redentora. Todo o seu tempo ele gastou ajudando e amando os outros. E nós, temos tempo para gastar com as outras pessoas? Que tipo de bem estamos fazendo na comunhão com os outros irmãos na fé?
  1. Recursos materiais. Quem ama, emprega seus recursos materiais na ajuda aos necessitados.
Jesus Cristo não teve bens materiais. Nós os cristãos recebemos do Senhor como bênçãos uma infinidade de recursos materiais para o nosso sustento e para empregar na ajuda aos necessitados. Deveríamos usar o necessário para o nosso sustento e a outra parte aplicar na ajuda às pessoas necessitadas, já que nossa vida aqui no mundo é curta e passageira. Na prática nós temos agido dessa maneira? Estamos ajudando nosso irmão necessitado com os recursos materiais recebidos do Senhor? Nós sentimos mais quando perdemos o pai ou a mãe ou quando perdemos nossos bens materiais?

1 Coríntios 13.4-7:
“O amor é paciente, é benigno; o amor não arde em ciúmes, não se ufana, não se ensoberbece, não se conduz inconvenientemente, não procura os seus interesses, não se exaspera, não se ressente do mal; não se alegra com a injustiça, mas regozija-se com a verdade; tudo sofre, tudo crê, tudo espera, tudo suporta.”

5) Conclusão

a) A única pessoa que conseguiu atingir a perfeição desse amor foi Jesus Cristo, porque ele era o próprio Deus encarnado.
b) A vinda de Cristo ao mundo deveu-se ao fato de que nós não conseguimos atingir essa perfeição de amor.
c) No entanto, dentro das limitações humanas e em resposta ao amor de Deus, devemos nos empenhar no sentido de expressar amor aos irmãos da fé por meio das nossas ações, pois agindo assim o mundo conhecerá que somos discípulos de Cristo.

Pergunta para meditar: O amor que praticamos dentro da igreja está fazendo com que o mundo conheça que somos discípulos de Jesus?

6) Resumo
a) se amarmos uns aos outros seremos reconhecidos como discípulos de Cristo.
b) para amar precisamos antes conhecer a Deus, pois Deus é amor.
c) há apenas uma forma de conhecer a Deus: pela fé em Cristo Jesus.
d) o Espírito Santo gera a fé e capacita o cristão a amar.
e) o mundo não tem amor, o qual é encontrado somente em Deus porque Deus é amor.
f) a atitude de amor dos cristãos leva o mundo a reconhecer que há uma força superior agindo por intermédio deles.
g) não existe explicação para o amor que vem de Deus; somente podemos identificar atos desse amor.

Que a Graça de nosso Deus governe nossas vidas por meio do nosso Salvador Jesus Cristo.
por Grimaldo Schumacker.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigado pela sua participação.