Seja Bem-Vindo. Hoje é

domingo, 4 de março de 2012

Onde Você Viverá a Eternidade?

Queira você ou não, a morte é uma realidade inevitável!!!
Morrem no mundo cerca de 119.860.000 pessoas por ano; 9.988.340 por mês; 332.945 por dia; 13.875 por hora e 231 por minuto. Quantos de seus antepassados já morreram? Tantos que você sequer é capaz de imaginar.
Morreram amigos de infância e colegas de escola; morreram parentes e companheiros de trabalho; morreram conhecidos, vizinhos e até desafetos; morreram multidões que você jamais conheceu. Quer o homem aceite ou não, quer se preocupe ou não, quer goste ou não, certamente morrerá. Sobre ele pesa a sentença divina:
“... porque tu és pó e ao pó tornarás" (Gênesis 3.19). “E, assim como aos homens está ordenado morrerem uma vez, vindo, depois disso o juízo" (Hebreus 9.27). "porque o salário do pecado é a morte" (Romanos 6.23).
Ninguém escapará à lei da morte. Você também morrerá. Você tem um corpo que é terreno e uma alma que é imortal. Com a morte, o corpo irá para a sepultura e no pó será desfeito; a alma, porém, irá para a eternidade, porque a alma é indestrutível. "E o pó volte a terra, como o era, e o espírito volte a Deus, que o deu” (Eclesiastes 12.7).
O Senhor Jesus Cristo ensinou em Lucas 16.19-31 que, na eternidade, apenas dois lugares existem: um de sofrimento eterno e outro de gozo eterno. Ambos são eternos, definidos e incomunicáveis. Depois da morte, não há possibilidade de alguém salvar a sua alma. Do céu ninguém passará para o inferno, nem do inferno para o céu. Também de qualquer deles, ninguém poderá voltar para este mundo.
A Morte Selará o Destino da AlmaPara onde irá você? Esse destino depende de nossa atitude para com o Filho de Deus.
O único caminho para o céu é Jesus Cristo, como Ele mesmo afirmou: "Respondeu-lhe Jesus: Eu sou o caminho, e a verdade e a vida; ninguém vem ao Pai senão por Mim" (João 14.6).
Temos, pois, a certeza de que nem igrejas, nem boas obras, nem justiça própria, nem batismo, nem cerimônias ou coisas semelhantes poderão levar você ao céu.
Só Jesus pode. Ele mesmo disse: "Porque o Filho do homem veio buscar e salvar o perdido" (Lucas 19.10).
Jesus Morreu Para Salvar PecadoresCrucificado entre dois salteadores, por que Jesus salvou um e não salvou o outro? Por que dos ladrões um pôde ser salvo e o outro não? Porque somente o primeiro:
1) reconheceu o próprio pecado e o confessou diante de Jesus;
2) reconheceu que Jesus era inocente e sofria na cruz pelos seus pecados;
3) reconheceu que estava perdido;
4) com uma súplica fervorosa, disse a Jesus: "Jesus, lembra-te de mim quando vieres no teu reino” (Lucas 23.42). Então Jesus respondeu àquele homem: "Em verdade te digo que hoje estarás comigo no Paraíso" (Lucas 23.43).
Aquele homem não parou em lugar intermediário. Da cruz onde estava pregado foi levado por Jesus ao Paraíso. Não precisou de batismo, nem de Igreja, nem de boas obras, nem de reencarnações.
O que aconteceu com aquele ladrão também pode acontecer com você! O que ele recebeu você também pode receber. O que ele alcançou você também pode alcançar (Lucas 23.39-43). Você também pode ser salvo!
Essa Salvação é Dom de DeusA salvação que Jesus Cristo dá é inteiramente de graça. Está escrito na Palavra de Deus: “Porque pela graça sois salvos, mediante a fé; e isto não vem de vós, é dom de Deus; não de obras, para que ninguém se glorie" (Efésios 2.8-9).
"Todavia, não é assim o dom gratuito como a ofensa; porque, se, pela ofensa de um só, morreram muitos, muito mais a graça de Deus e o dom pela graça de um só homem, Jesus Cristo, foram abundantes sobre muitos” (Romanos 5.15).
Tudo o que era necessário para a salvação do homem Jesus já fez, quando morreu na cruz. O preço pelos nossos pecados já foi pago.
Para que você seja beneficiado com esse perdão, para que você seja salvo, para que você receba a vida eterna com Deus, você precisa:
1) Receber a Jesus como Salvador pessoal. E isso pode ser agora, aí onde você está e como está. Abra o seu coração e deixe Jesus entrar. Ele morreu na cruz e ressuscitou para lhe dar a salvação plena e perdão de todos os seus pecados.
2) Crer em Jesus de todo coração. Não olhe para o que você é, nem para a sua condição de fraqueza diante de Deus, nem para o pecado que tortura o seu coração. Creia em Jesus somente. Não confie em emotividades nem em sentimentalismos: ponha a confiança plena na Palavra do Filho de Deus, a qual nos diz: "Mas, a todos quantos o receberam, deu-lhes o poder de serem feitos filhos de Deus, a saber, aos que creem no seu nome; os quais não nasceram do sangue, nem da vontade da carne, nem da vontade do homem, mas de Deus” (João1.12-13).
3) Perseverar até o fim. Não deixe de crer em Jesus; não deixe de confiar em Jesus; não devolva o presente da salvação. Porque Jesus disse: “Aquele, porém, que perseverar até o fim, esse será salvo” (Mateus 24.13).
Receba Jesus Cristo agora. Não deixe para depois. Depois pode ser muito tarde. Jesus não rejeita o pecador arrependido. A Bíblia diz: "Todo aquele que o Pai me dá, esse virá a mim; e o que vem a mim, de modo nenhum o lançarei fora” (João 6:37).
Não fique olhando seus pecados, nem daqueles que te cercam, e menos ainda para a maldade de seu coração; confie em Cristo, Ele te dará a paz e a alegria verdadeira. "Se, porém, andarmos na luz, como ele está na luz, mantemos comunhão uns com os outros, e o sangue de Jesus, seu Filho, nos purifica de todo pecado” (1 João 1.7).
E quando você partir desta terra, quando você morrer, irá para o céu de luz com Jesus, para a glória eterna. É na presença de Deus que devemos viver eternamente e não em outro lugar!
Promessa Bíblica de Vida EternaApocalipse 2.1-4: “Vi novo céu e nova terra, pois o primeiro céu e a primeira terra passaram, e o mar já não existe. Vi também a cidade santa, a nova Jerusalém, que descia do céu, da parte de Deus, ataviada como noiva adornada para o seu esposo. Então, ouvi grande voz vinda do trono, dizendo: Eis o tabernáculo de Deus com os homens. Deus habitará com eles. Eles serão povos de Deus, e Deus mesmo estará com eles. E lhes enxugará dos olhos toda lágrima, e a morte já não existirá, já não haverá luto, nem pranto, nem dor, porque as primeiras coisas passaram”.
Apocalipse 22.5: “Então, já não haverá noite, nem precisam eles de luz de candeia, nem da luz do sol, porque o Senhor Deus brilhará sobre eles, e reinarão pelos séculos dos séculos”.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigado pela sua participação.